-- inicio ---

Header Ads

Alisamento Ético dos Cabelos – Como fazer e quais os tipos

Alisamento Ético dos Cabelos

Dicas para alisamento ético

Apesar de não haver nenhuma contra indicação, saibam que cada tipo de cabelo pede uma espécie de alisamento, ou seja, não adianta achar que poderá fazer qualquer tipo de alisamento em seus cabelos buscando em cada um deles melhoria para suas madeiras. Não é assim que os alisamento funcionam, por isso existem diversos tipos de alisamento ético, sendo cada um recomendado para um tipo de cabelo ou de raiz.
Pessoas com raiz do cabelo crespa e encaracolada terá problemas se optar por um alisamento definitivo, já que o crescimentos da raiz compromete o efeito alcançado. O indicado para cabelo crespo ou encaracolado é a texturização. (Veja o tipo de alisamento ético indicado abaixo).
Já pessoas com o cabelo ou raiz lisa o alisamento definitivo é indicado.

Veja tipos de alisamento ético

 Hidróxido de sódio – produto aprovado pela Anvisa e indicado para alisamento de pessoas com cabelos crespos. É comum o hidróxido de sódio ser usado em barbearias para texturizar os cabelos de homens.
Tioglicolato de amônia – produto aprovado pela Anvisa e indicado para o uso de alisamento em cabelos com tintura e cabelos ondulados.
Tioglicolato de AMP – produto aprovado pela Anvisa e indicado para o uso de alisamento de cabelos que foram prejudicados por outros processos químicos.
Cisteamina de sódio – produto aprovado pela Anvisa e indicado para o uso de alisamento de cabelos ondulados, cacheados e crespos.
É importante fazer o tratamento capilar num lugar de confiança. Evite sempre o formol ou o ácido glioxilíco, que libera formol, apesar do formol não constar na fórmula e nem tem o cheiro característico. Formol prejudica os cabelos e pode causar câncer.

Nenhum comentário