-- inicio ---

Como fazer o cultivo do kefir de leite em casa


Quando mencionado anteriormente que o kefir de leite se prolifera muito rápido, quer dizer que ele é mesmo um alimento vivo e só vai ter efeito dessa forma. Veja como funciona o processo de cultivo caseiro:

Passo 1 – Adquirir uma muda

Uma mudinha de kefir de leite se parece um pouco com uma cabecinha de couve–flor triturada ou com um queijo cottage. Ela é branquinha e tem grumos. Quando você receber a sua muda (seja doada ou comprada) ela pode chegar fresca ou desidratada.
Se for fresca (hidratada), comece o cultivo na hora. Se for desidratada, você vai fazer o mesmo procedimento do cultivo que vamos explicar a seguir, mas ao invés de consumir o líquido da primeira fermentação, você vai descartá-lo e repetir o processo até que a mudinha esteja bem branquinha. Só depois é que vai começar a consumir.

Passo 2 – Preparação dos materiais

Para iniciar o cultivo do seu kefir, é necessário fazer uma esterilização dos materiais com água fervente. Esse passo é muito importante porque se o kefir tiver qualquer contato com um objeto contaminado, vai morrer. Mas lembre-se que a mudinha do kefir nunca pode ser aquecida, ou morre também.
Ingredientes
  • Vidros esterilizados: 2 unidades (para fermentação e para armazenamento);
  • Paninho poroso de voal ou papel toalha: 1 unidade;
  • Borrachinha para prender o voal: 1 unidade;
  • Peneira de plástico: 1 unidade;
  • Colher de plástico, madeira ou inox (nunca de metal): 1 unidade;
  • Muda de kefir: 2 a 4 colheres de sopa para cada litro de leite;
  • Leite integral: proporcional a quantidade da muda.

Passo 3 – Cultivando o kefir de leite

Com tudo em mãos é hora de começar o cultivo. É muito simples, desde que você tenha todo o cuidado com a esterilização dos materiais.
Modo de preparo
1. Coloque os grãos hidratados de kefir no vidro esterilizado, cubra com o leite, tampe com o paninho poroso, prenda com a borrachinha e deixe em temperatura ambiente e em local escuro por até 48 horas.
2. Nesse tempo as bactérias e leveduras vão se alimentar do leite e se reproduzir, gerando o processo de fermentação, onde liberam todos os seus benefícios probióticos no líquido. Por causa do gás liberado na fermentação é que se usa o voal e não a tampa do pote, ou o vidro poderá explodir.
Dica: Conforme você for fazendo mais vezes, pode ir provando o kefir a partir do momento em que completa 12 horas de fermentação, assim você vai testando qual sabor mais lhe agrada. O sabor e odor normal do kefir é levemente ácido (porque o leite foi fermentado e perdeu o açúcar), mas nunca azedo ou desagradável. Se ficar assim, precisará jogar fora.
3. Depois do tempo de fermentação, prepare o outro vidro esterilizado e coe todo o líquido do kefir lá para dentro. Feche muito bem e leve para a geladeira.
4. Depois é só lavar e esterilizar novamente o vidro em que o kefir fermentou (enquanto isso a muda fica esperando na peneira) e depois de limpo, coloque os grãos no vidro novamente, com mais leite e recomece o processo. Se os grãos estiverem se reproduzido muito, separe em mudas e congele para doar ou doe fresco.
O kefir que você levou para a geladeira pode ser consumido ao longo da semana, seja puro ou em batidos com frutas e outros ingredientes que desejar.

Diferenças entre o kefir de leite e o kefir de água

A diferença entre o kefir de água e o kefir de leite está na base do cultivo. Ao invés de usar leite para cobrir a mudinha, você vai usar água filtrada com açúcar demerara e as bactérias e leveduras vão se alimentar desse açúcar.
Em cada tipo de kefir existem diferentes tipos de bactérias e leveduras que trabalham em harmonia entre si. Por isso, não é recomendado usar a muda de kefir de leite para fazer kefir de água e vice versa, ou a colônia poderá se enfraquecer e até morrer.
Os benefícios serão praticamente os mesmos, tendo em conta que no kefir de água não haverá a quantidade de cálcio e magnésio que só o leite fornece. Mas a vantagem é que com o kefir de água você pode fazer sucos e outras receitas que não usam leite.

Nenhum comentário