-- inicio ---

Como desidratar flores para usá-las na decoração da casa


A dica principal para desidratar flores é usar brotos ou flores que não estejam totalmente maduras; caso contrário, elas podem despedaçar no processo. Na maioria dos casos, elas continuam abrindo levemente durante a secagem.

Secagem ao ar

Não tem segredo: basta pendurar os ramos de flores ao vento em local escuro e seco e deixar por várias semanas. Veja o passo a passo:
1. Corte flores ligeiramente imaturas e sem danos, pois os mesmos ficam aparente após a secagem, e remova as folhas dos caules;
2. Agrupe os caules em grupos pequenos e amarre com um elástico;
3. Pendure de cabeça para baixo em local seco e escuro (pode ser um armário) com boa circulação de ar;
4. Em cerca de três semanas as flores estarão completamente secas.
Flores com corolas maiores, como as rosas, devem ser penduradas individualmente. Se os caules forem fracos ou ficarem frágeis após secar corte fora e utilize arame nas flores.

Secagem no micro-ondas

Rápido e fácil, desidratar flores no micro-ondas preserva as cores e deixa as mesmas com um aspecto mais fresco. Funciona melhor com espécies com muitas pétalas e sem espinhos ou cerdas.
1. Colha flores que estiverem ligeiramente abertas e firmes, antes que as pétalas comecem a cair;
2. Corte os caules entre 2,5 centímetros e cinco centímetros;
3. Em uma tigela, coloque um produto dessecante para absorver a umidade, como gel de sílica (conserva a cor), resíduos de argila ou bórax e farinho de milho;
4. Coloque as flores sob o dessecante e depois enterre-as com mais dessecante. Deixe as coroas bem abertas e arrume as pétalas com palito de dentes;
5. Ponha no micro-ondas junto de um copo com água para absorver a energia;
6. Deixe por dois minutos e veja a consistência das pétalas;
7. Deixe a tigela entreaberta e reserva por um dia para esfriar.
A dica é começar com apenas duas ou três flores até pegar o jeito, pois pode ser que os primeiros resultados não saiam como desejado.

Flores prensadas

Para decorar quadros e porta-retratos, usar como marcador de livros ou enfeitar papeis e cadernos as técnicas são bem diferentes – e muito mais simples!
1. Dê preferência para flores em boas condições, em diferentes estágios de desenvolvimento (mas nunca muito maduras) e que estejam no meio termo entre muito carnudas e muito delicadas;
2. Use papeis não lustrosos e porosos, que permitam uma circulação de ar, como folhas de jornal, de listas telefônicas ou de catálogos;
3. Coloque as flores em pequenos ramos ou sozinhas entre folhas de papel poroso e com um papel de rascunho para não haver contato entre a tinta da folha e as flores;
4. Empilhe em diversas camadas e deixe descansar por uma semana em local seco e escuro com um peso por cima para fazer a prensa;
5. Depois de uma semana verifique o estado das flores e troque os papeis. Repita o procedimento semanalmente até que elas estejam totalmente secas.

Nenhum comentário