-- inicio ---

Alergia de esmaltes - Alergia nas unhas causada pelo esmalte

Alergia nas unhas, também pode ser conhecida como Dermatite de contato ou Eczema de contato, dependendo do tipo de alergia e gravidade.
Dermatite de contato é uma inflamação na pele causada pelo contato direto com substancias que podem ser irritantes e causar reação alérgica.
Detergentes, solventes e sabonetes são os que mais causam esse tipo de alergia.
Os sinais de dermatite variam conforme o tempo em que a pele ficou em contato com as substancias que causam a irritação.
Os sintomas mais comuns são: Coceira na pele, lesões secas e descamações, principalmente nas mãos e braços, vermelhidão, queimação e até rachaduras em casos mais graves.
Quando se nota a alergia nas unhas é essencial encontrar o agente causador e removê-lo do uso.
Também é necessário que  reforce a hidratação da área afetada e use uma pomada antiinflamatória com corticóide para melhorar os sintomas. E não deixe de procurar um médico.

Alergia nas unhas minha experiência

Eu descobrir quando fui remover o esmalte com a própria unha e a base da unha descamou, fazendo assim com que pedaços da unha viam junto com o esmalte. Me desesperei, e não sabia o que estava acontecendo, nunca tinha visto isso. Foi como se a base da unha estivesse descolando.
Fora que antes disso minhas cutículas e ao redor das minhas unhas estavam super ressecadas, mas como eu hidratava toda noite não parecia ser sinal de alergia.
Procurei em todos os lugares e só falavam sobre micose nas unhas. Então tentei tratar como micose, mas só agravou ainda mais a minha situação.
E o que me intrigava era que eu já tinha tido micose e aquilo não era nem de longe parecido com micose. Já que micose nas unhas em casos mais comuns iniciam na ponta das unhas até o meio delas, também as unhas afetadas ficam esverdeadas e vazadas.
Minha unha não tinha nada disso. Mas todos diziam ser micose.
Hoje sei que o que eu tive nas unhas foi Dermatite de contato, mas demorei para saber e isso agravou muito a minha situação. Já que eu continuava a utilizar o agente causador da alergia nas unhas.

Alergia ao Esmalte

Quando descobri que era alergia, logo pensei que seria um esmalte fortalecedor novo que eu estava testando.
E então parei de usa-lo, mas continuei a usar outros esmaltes e a alergia só piorava. Ao redor das minhas unhas estavam sempre ressecados ao extremo e o que começou com uma unha já estava em quase todas as unhas.
Removi esmaltes vencidos que tinham entre os meus esmaltes, mas nada resolvia. Daí comecei a usar a pomada antiinflamatória e começou a melhorar. Só que eu continuava pintando as unhas com outros esmaltes. E a melhora era bem lenta e sempre ia e voltava.
É mais comum ter alergia nas unhas do que eu imaginava. Foi aí que pesquisando encontrei que existem alguns ingredientes presentes em esmaltes, principalmente bases fortalecedoras que podem causar alergia. Que seria bom evitar ou reduzir o uso.
São eles formaldeído, tipo de resina responsável pelo endurecimento e pela cobertura do esmalte; o tolueno, usado para dissolver essa resina; e o dibutilftalato (DBP), que aumenta a durabilidade do produto.
A cânfora, aditivo que dá resistência, apesar de não ser tão comum, também tem potencial alergênico e costuma ser retirada dos hipoalergênicos.

Nenhum comentário