-- inicio ---

Dieta Paleo: O que é e Como Funciona?

Você já ouviu falar na dieta paleolítica? Também conhecida como dieta paleo, essa forma de se alimentar pode ser o que faltava para te dar aquela ajuda no emagrecimento e garantir que você se tornará uma pessoa muito mais satisfeita com a sua aparência e o peso na balança.
A dieta paleo é inspirada na forma como os nossos ancestrais se alimentavam e garante que você consiga eliminar uns quilos extras de forma rápida e saudável.

O Que é Dieta Paleo?

A dieta paleo propõe que seus adeptos voltem a se alimentar da forma como os nossos ancestrais comiam, ou seja, uma alimentação a base de frutas, carnes e sementes, justificando que o corpo humano foi moldado para este tipo de alimentação.
Segundo o pensamento de quem originou essa dieta, as doenças existentes nos dias de hoje como diabetes, obesidade e distúrbios metabólicos têm a sua origem na alimentação com excesso de carboidratos.
Apesar de parecer uma dieta muito radical, a paleolítica tem grande quantidade de adeptos e essas pessoas relatam que a dieta é excelente e que se adequa as necessidades de cada um.

Como Funciona a Dieta Paleolítica?

Como dito anteriormente, a dieta paleolítica é inspirada na alimentação dos ancestrais, por isso, é bastante instintivo entender o que pode ou não comer nessa dieta, afinal, basta pensar no que estava disponível naquela época.
Para que você entenda melhor, separamos uma pequena lista do que pode e o que não pode nessa dieta, confira:
  • Carnes
O consumo de carnes na dieta paleolítica é totalmente liberado e incentivado. Você poderá consumir as carnes de qualquer animal, mas é incentivado que sejam alimentos naturais.
Algumas pessoas podem se confundir e incluir nessa parte da dieta alimentos embutidos como presunto e peito de peru. Que são industrializados e, portanto, não devem fazer parte da dieta.
  • Vegetais e Frutas
Como principais fontes de carboidratos, esses alimentos devem ser consumidos à vontade!
Um prato colorido de vegetais durante suas refeições principais garante a ingestão de fibras para o bom funcionamento do intestino e também de muitos outros nutrientes essenciais para manter seu corpo sempre saudável.
Se seu objetivo é emagrecer muito, tenha atenção ao tipo de fruta que você consome, lembrando sempre que as frutas mais adocicadas são as que possuem maior quantidade de carboidratos e calorias.
  • Grãos e Massas
Os caçadores e coletores não plantavam trigo e muito menos possuíam cozinhas para fazer massas, por esse motivo, pães, bolos e massas em geral estão proibidos na dieta paleolítica.
Nessa dieta as principais fontes de carboidratos para o corpo são as frutas, legumes e verduras que oferecem carboidratos de menor índice glicêmico. Isso ajuda inclusive a ter um emagrecimento muito mais saudável e rápido.
Afinal, além de serem fontes de carboidratos esses alimentos são riquíssimos em nutrientes e para ter um corpo mais saudável vale apostar na variedade.
  • Gorduras
As gorduras que você irá consumir na dieta paleolítica são as gorduras naturais provenientes de uma alimentação livre de industrializados, por isso, você não precisa se preocupar com isso.
A única gordura que toda pessoa deveria evitar é a gordura trans, que é um tipo de gordura usado pela indústria para que os alimentos industrializados tenham mais sabor e durabilidade, sendo essa uma gordura prejudicial para a saúde.
Com relação às gorduras das carnes e frutas como abacate, não se preocupe! Dentro da paleolítica esse consumo não será prejudicial para a sua saúde.
  • Água
A água é de extrema importância na dieta paleolítica, principalmente pelo fato dessa alimentação ser rica em proteínas.
Quando se come mais proteínas e o corpo não está recebendo a hidratação correta, você aumenta o risco de ocasionar uma sobrecarga nos rins.
Além disso, a água é extremamente importante para quem deseja perder peso, porque quando se está desidratado é natural sentir mais fome e comer mais sem que o corpo realmente tenha necessidade desses alimentos.
Por isso, beber água na quantidade correta todos os dias, ou seja, no mínimo dois litros de água por dia, isso garante que você tenha um emagrecimento muito mais saudável e rápido, além de deixar sua pele mais bonita porque seu corpo está hidratado.
  • Industrializados
Os alimentos industrializados são completamente vetados da sua alimentação na dieta paleolítica.

Jejum na Paleo

Lembra-se que no período paleolítico os homens eram caçadores e coletores? Não existia supermercado e por esse motivo, as pessoas passavam também longos momentos de jejum.
Inspirado nisso, a dieta também prega que os adeptos devem fazer jejum em alguns dias da semana, podendo ficar entre 16 e 24 horas sem se alimentar, apenas ingerindo água quando necessário.
É interessante observar que caso você faça alguma atividade física, deverá tomar cuidado com os horários de jejum para que você possa treinar quando estiver alimentado, uma boa opção também é preferir fazer o jejum naquele dia de descanso quando você não treina.
Assim, você evita diminuição de performance e também alguns desconfortos que podem acontecer caso você resolva treinar em total jejum, que pode ser inclusive perigoso por causa da baixa da glicose no sangue que provoca os sintomas desagradáveis.
Com todas essas dicas, esperamos que você possa de fato decidir se a dieta paleolítica é a ideal para o seu cotidiano, te ajudando a emagrecer e ter uma alimentação mais saudável.

Nenhum comentário