-- inicio ---

Receita: Churrasco de fogão (Fraldinha na frigideira)


Se você como eu mora num apartamento sem varanda gourmet (cof) ou espaço gourmet (cof de novo) coletivo, mas ama churrasco vai gostar dessa receita.  A ideia é fazer uma carninha que lembre o preparo na brasa, mas no fogão. Para isso, usaremos uma boa fraldinha, meu corte bovino favorito. É magro e ainda assim suculento  e saboroso, além de muito versátil pois se presta à panela, à brasa e ao forno. Lá em baixo, conto um pouco da história da Fraldinha na Pitada de Reportagem.

Pitada de Reportagem:  Fraldinha, uma criação do mestre Marcos Bassi
Para a receita precisaremos de uma peça inteira de fraldinha de boa qualidade e procedência conhecida e certificada. Essa é melhor forma de consumir carne sem desrespeitar o animal. Bons produtores, tratam bem o bicho. Anote essa dica, amigo carnívoro.   
Peça ao seu açougueiro para deixar a peça bem limpa, sem nervos ou excesso de gordura. Se limpar em casa, reserve as aparas para fazer carne moída para hambúrgueres e kaftas. Aliás, para hambúrgueres eu só uso fraldinha. 

Receita: Churrasco de fogão (Fraldinha na frigideira)
Ingredientes (para 3  pessoas)
1 peça de fraldinha limpa de boa procedência
Sal grosso a gosto (ou flor de sal se você for bapho como eu, há)
2 espetos de madeira ou de metal
1 fio de azeite
Preparo
Retire com antecedência a carne da geladeira. A ideia é que ela não esteja geladíssima como sua cerveja na hora de ir pra panela. Ligue o forno bem quente. Enquanto isso prepare a carne. Acomode a peça bem apertada no espeto. Isso vai deixar ela mais alta e ajudar a manter a forma e preservar a textura e sucos.
Leve uma frigideira ao fogo bem alto e deixe ficar bem quente. Se você tem  um fogão potente pode colocar pouquíssimo azeite. Mas se seu fogão é mediano, coloque um pouco mais. O óleo ajuda a segurar o calor da panela quando você colocar a carne fria e assim vai a grelhar a carne e não cozinhar (se a carne soltar água ficará com gosto de cozida, não de grelhada).
Quando dourar bem de um lado, vire e deixe fazer a crosta do outro (uns 7 minutos de cada lado bastam se o fogo for ótimo). Pronto, o objetivo foi atingido e a parte mais difícil foi superada. Você acaba de presenciar a reação de Maillard (a reação química entre um aminoácido ou proteína e um carboidrato reduzido, que dá sabor, odor e cor aos alimentos assados e grelhados). Nesse ponto você pode tirar o espeto
Mas a essa altura a fraldinha ainda está crua por isso leve-a ao forno que você ligou lá trás e deixe por no máximo 10 minutos para uma carne mal passada. Para uma peça ao ponto, deixe uns 13 minutos.
Retire a carne do forno e deixe descansar por alguns minutos. Esse passo é EXTREMAMENTE importante. Quando a carne é exposta ao fogo os líquidos vão para a superfície. É essencial esperar esse tempinho para  que eles retornem para o centro da peça e assim você tenha toda a suculência disponível e o boizinho não tenha sido abatido em vão.
Eu fatiei finamente a favor da fibra. Como as fatias são longas as pessoas no prato podem cortar contra a fibra para a bocada. Finalize com sal grosso ou flor de sal e sirva com acompanhamentos. Sugiro vegetais leves e saborosos. Confira algumas receitas a seguir:

Nenhum comentário

teste