-- inicio ---

Como Conservar Frutas, Verduras e Legumes da Maneira Correta


Você sabia que um terço de todo o alimento produzido no mundo é desperdiçado? Esse foi o resultado de uma pesquisa realizada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).
Enquanto relatórios e políticas globais trabalham para conscientizar e reduzir esse desperdício, que ocorre principalmente nas cadeias de produção e distribuição, saiba que você pode colaborar para reduzir esses números.
Além de problemas sociais e ambientais, o desperdício de alimentos também afeta diretamente o seu bolso. Afinal de contas, qualquer alimento desperdiçado é dinheiro jogado fora.
Outra questão é a saúde: muita gente não compra alimentos frescos como frutas, verduras e legumes, com medo deles estragarem. Especialmente quem mora sozinho ou possui família pequena. Entretanto, saiba que é possível armazenar esses alimentos de forma segura, mantendo as suas propriedades nutricionais.
Neste artigo, reuni 3 dicas de armazenamento correto de frutas, legumes e verduras para evitar o desperdício na cozinha. Essa é uma grande dica de economia doméstica, e pode ser usada como estratégia para planejar melhor suas compras de supermercado e poupar dinheiro.

1 – Como Conservar Verduras na Geladeira

As verduras são um dos maiores problemas quando o assunto é armazenamento de alimentos.  É comum as pessoas jogarem verduras no lixo porque estragaram devido ao armazenamento incorreto. E, mais comum ainda, muita gente deixa de comprar esses alimentos pois não sabe como guardar e tem medo de estragar.
Além disso, no quesito economia doméstica, muita gente apela para a “praticidade” de comprar verduras previamente limpas e embaladas em porções menores. O problema é que essa praticidade tem um custo elevado.
Se você mora sozinho, possui uma família pequena, saiba que é possível armazenar verduras na geladeira por muitos dias, sem que elas estraguem ou fiquem moles. Eu uso essa técnica há muito tempo, e com isso posso comprar verduras mais baratas na feira e mantê-las frescas por vários dias.
A técnica é bem simples: lave as verduras, seque bem e guarde em um saco ou pote fechado com papel toalha dentro. Deixe o recipiente na parte inferior da geladeira, onde é menos frio, pois as temperaturas baixas podem queimar as folhas.
A alface (e outras verduras) murcha porque absorve água. O papel toalha serve para absorver a umidade e mantê-la fresca por mais tempo. Usando essa técnica, já consegui fazer um maço de alface durar até 2 semanas na geladeira (claro, sempre trocando o papel pois ele fica encharcado ). É uma ótima estratégia, pois consigo consumir salada todos os dias sem desperdício até o maço acabar.

2- Congele os legumes


Outra dica que pode fazer você economizar muito dinheiro é congelar os legumes. Essa técnica pode ser feita com brócolis, vagem, couve-flor, espinafre, e muitos outros.
Além de evitar o desperdício, esse é um método muito prático e fará você economizar dinheiro. Normalmente os legumes congelados vendidos no supermercado são mais caros do que comprar na feira ou no hortifrúti. Então, ao congelar da maneira certa em casa, você conseguirá economizar e ainda terá uma variedade de alimentos saudáveis disponíveis para qualquer refeição.
Existem várias maneiras de congelar legumes e determinadas verduras. Você pode congelá-los crus, cozidos ou usando a minha técnica favorita: o branqueamento.

Como Funciona o Branqueamento de Legumes

Branquear legumes significa escaldar os alimentos em água fervente e logo em seguida aplicar um choque térmico com água gelada. Esse processo mata as bactérias, faz um pré-cozimento nos alimentos, evita alterações na cor e preserva as propriedades nutricionais.
O passo a passo é bem simples:
  • Corte o legume em pedaços de tamanhos parecidos;
  • Adicione-os a uma panela com água fervendo. De preferência use uma panela grande. Quanto maior a quantidade de legumes, mais água você irá precisar, para evitar que ela esfrie muito quando os legumes forem adicionados.
  • Conte de 30 segundos a 1 minuto depois que a água voltar a ferver
  • Escorra a água e jogue os legumes em água gelada. De preferência, deixe uma bacia com água gelada e pedras de gelo separada para isso.
  • Esse choque térmico irá quebrar o processo de cozimento e evitar que os legumes fiquem moles demais.
Agora é só escorrer bem a água, colocar em um recipiente e congelar no freezer!
Quando você for utilizar o legume congelado, basta mergulhá-lo rapidamente em água fervente até descongelar ou chegar na consistência desejada.
Se preferir, também pode refogá-lo diretamente na panela (funciona bem com brócolis e couve-flor).

3- Conserve as Frutas da Maneira Certa

As frutas podem durar vários dias se forem guardadas da maneira correta.
Em primeiro lugar, não coloque tudo na geladeira: existem frutas que não gostam de temperaturas frias e irão escurecer e estragar mais rápido.
Outra dica é jamais guardar frutas verdes na geladeira. Deixe-as amadurecer naturalmente e só guarde na geladeira depois que estiverem maduras.
Algumas frutas que podem ser guardadas na geladeira são:
  • mamão
  • melancia (cortada)
  • melão (cortado)
  • pêssego
  • Morango
  • Frutas silvestres em geral
  • abacaxi
  • Kiwi
  • Uva
Já outras frutas preferem ambientes arejados e devem ser guardadas em fruteiras:
  • Banana
  • Pera
  • Tomate
  • Maçã
  • Melancia (Inteira)
  • Melão (Inteiro)
  • Frutas cítricas
Uma dica importante para conservar frutas é evitar misturar frutas que liberam etileno. Esse é um gás natural que propicia o amadurecimento de algumas frutas, mas que pode acelerar o apodrecimento de outras.
As frutas e vegetais que liberam quantidades grandes de etileno e devem ser separadasdas demais são:
  • Banana
  • Maçã
  • Melão
  • Tomate
  • Mamão
  • Pera
  • Uva
  • Abacate
  • Manga
  • Cebola
  • Alho
Essas frutas, seja dentro ou fora da geladeira, devem ser mantidas longe de alimentos sensíveis como verduras, batata, pepino, cenoura e aspargos.
Aqui entra uma observação importante sobre a banana. Quando há machucados em sua casca ou no talo, ela apodrece mais rapidamente. Portanto, ao separar uma banana do cacho, faça cuidadosamente e retire-a inteiramente, incluindo o talo.
Se você deixar o talo quebrado no cacho, ou retirar o talo das outras bananas, o cacho inteiro irá apodrecer mais rapidamente.
Outra opção é separar as bananas do cacho, inteiras, e embrulhar o cabo de cada uma delas com plástico filme:

Nenhum comentário