-- inicio ---

Tendinite no ombro: conheça os sintomas, as causas e tratamentos


tendinite no ombro ocorre quando um ou mais tendões dessa região do corpo inflamam. O resultado é uma dor intensa no ombro afetado que necessita de tratamento médico para não piorar. Embora tenha cura, é um problema que exige tempo para ser tratado até que todos os sintomas desapareçam de vez. Mesmo assim, é importante manter alguns cuidados, como você vai ver a seguir, junto com os sintomas da tendinite e suas principais causas.

Sintomas

O principal sintoma da tendinite é a dor. É por causa dela que a pessoa percebe que algo está errado com o ombro e resolve procurar ajuda médica porque vai ficando difícil de suportar. Junto com a dor surgem outros sintomas relacionados, dependendo da fase da inflamação:

Sintomas da fase 1

Na fase 1 a pessoa vai sentir uma dor aguda no ombro afetado e vai ocorrer um pequeno sangramento dentro da articulação do ombro, acompanhado de inchaço na região como consequência. É o tipo que costuma afetar pessoas mais jovens e os sintomas pioram quanto mais movimentos fizer com o braço afetado.

Sintomas da fase 2

Esse tipo de bursite costuma afetar pessoas entre os 25 e 40 anos de idade. Também vai causar dor constante como principal sintoma, mas por dentro o problema é maior. O exame de ultrassom pode mostrar uma fibrose com espessamento da bursa que é uma bolsinha com líquido que protege as articulações.

Sintomas da fase 3

Nesse estágio o problema é ainda mais sério porque ocorre o rompimento total ou parcial do chamado manguito rotador ou do bíceps braquial que são grupos musculares e de tendões na região do ombro. Esse rompimento causa, naturalmente, muita dor e inchaço, dificuldade de levantar o ombro e a sensação de que a dor se espalha pelo braço. Esse tipo é mais comum após os 40 anos.

Causas da tendinite no ombro

  • Movimentos realizados de mau jeito;
  • Força mal aplicada na região;
  • Levantamentos de pesos ou exercícios físicos inadequados;
  • Pancadas ou quedas;
  • Ficar muito tempo em uma posição com postura incorreta;
  • Movimentos repetitivos com o braço, como aplicados nos esportes e instrumentos musicais.

Tratamentos

O tratamento recomendado para a tendinite no ombro vai depender do estágio do problema, se é a fase 1, 2 ou 3. Também do estado de saúde e do estilo de vida do paciente. As opções de tratamento costumam ser combinadas para que seja realmente eficaz.

Medicamentos

Quem pode recomendar medicamentos para tratar os sintomas e o problema é o médico ortopedista. Ele pode prescrever anti-inflamatório e analgésico, seja para tomar ou aplicar sobre a região fazendo massagem. Se a dor for persistente mesmo já fazendo o tratamento, pode ser recomendada injeção de corticoide direto na área afetada.

Fisioterapia

Depois de se consultar com o ortopedista ele também poderá recomendar, junto com os medicamentos, alguma sessões de fisioterapia. O tipo da terapia aplicada será decidido junto com o fisioterapeuta, podendo incluir compressas geladas na sessão e depois em casa, ao longo do dia, além de terapia com ultrassom a laser e técnicas com movimentos para recuperar a região aos poucos sem perder a mobilidade.

Acupuntura

A acupuntura é uma técnica da medicina chinesa que consiste em espetar pequenas agulhas no corpo (nem sempre só no local afetado) que vão atingir pontos espefícios de dor no ombro e ajudar a aliviar os sintomas. As agulhas são muito pequenas e ficam atuando no corpo enquanto o paciente fica deitado relaxando. Ela serve como uma terapia complementar ao tratamento da medicina tradicional.

Cirurgia

Em alguns casos somente a cirurgia vai resolver o problema. Ela é recomendada quando a dor e outros sintomas não param mesmo depois de 6 meses ou 1 ano de tratamento. Ela também deve ser feita para corrigir uma ruptura no tendão que ocorre na fase 3 já mencionada e que não houve solução apenas com medicação e terapias.

Nenhum comentário

teste