-- inicio ---

Como Plantar Cacto – Dica de Rega, Cultivo, Adubo, Floração e Frutos

Como Plantar Cacto 

Eles são lindos apesar dos espinhos que o cacto tem que são os rebentos, uma auréola de onde saem os espinhos e florescem. Planta da família das  as cactaceae, as mesmas das suculentas, são ideais para locais com pouca água ou para quem não tem muito tempo para regar as plantas.
Os cactos precisam ser regados uma ou duas vezes na semana em dias bem quentes e no inverno a cada quinze dias. Evitar encharcar já que a planta absorve a água e o excesso pode apodrecer a planta.

Porque o cacto não precisa de muita água

O cacto é planta do deserto, originária das Américas resistente a pouca água e muito sol e se desenvolveu de forma que armazena água em seu caule como as suculentas.
Planta decorativa com espinhos que são uma forma de defesa contra animais ou agressores e ajudam a absorver a umidade ao redor.

Como plantar cacto

Plantar cacto por muda

Com duas partes de terra, uma de areia e uma de húmus de minhoca ou outro composto orgânico podemos plantar cacto, sem esquecer dos pedriscos no fundo do vaso e da manta acrílica para evitar que a terra saia por baixo do vaso além de manter a drenagem evitando que torrões de terra atrapalhe a saída da água.
Podemos ainda misturar pedriscos, areia grossa e terra em partes iguais deixando a terra com boa drenagem evitando que o cacto apodreça por excesso de água.
A muda podemos retirar de uma planta mãe quando soltam novos brotos ou até quando cai um deles como é o caso da foto abaixo, onde a folha foi colocada em um copo com um pouco de água no verão, ela criou raiz e depois foi plantada na terra.
Assim que encontrar um caule de cacto em volta do vaso, faça nova muda com ele.
O ideal quando retiramos a muda da planta mãe é deixar cicatrizar por uma semana e em seguida plantar na terra preparada.
Outra forma de plantar cacto é quando ela estica demais ou cresce alto e podamos a planta deixando duas a três “folhas” no caule maior. Quase todos os cactos não tem folhas, são caules e folhas modificadas conforme a necessidade. O cacto respira pelo caule
Desta forma teremos duas plantas, a que ficou no vaso e foi cortada vai criar novos caules e a que cortamos, a orientação de especialista nas suculentas é deixar de 7 a 15 dias até cicatrizar o corte e em seguida plantar em um vaso com terra adubada e arenosa nas proporções citadas acima.
Cada “folhinha” que cair do cacto ou da família das suculentas gerarão novas mudas se forem plantadas.

Plantar cacto com semente

As sementes do cacto estarão nas flores como as demais plantas.
Assim que as flores secarem a orientação é retirar as sementes e plantar em vasos no final do inverno.
Em quinze dias teremos as plantinhas brotando.
Nesta fase é preciso proteger o vaso em estufas caseiras cobrindo o vaso com plástico.
Podemos criar novas variedades de cacto e suculentas em casa misturando o pólen de uma planta com o pólen de outra na floração, esfregando uma flor na outra ou usando um pincel delicado no processo. Assim vamos ter novas espécies da planta.

Como desenvolve o cacto

O cacto pode viver mais de 80 anos e crescer mais de 1 1/2 metro de altura conforme a espécie.
É importante mudar o vaso assim que perceber que o cacto está grande demais para o vaso em que está plantado.

Rega e adubação de cacto

O cacto precisa de água apesar de ser resistente a seca por armazenar água em suas folhas.
A orientação é regar sem encharcar de duas a três vezes na semana em lugares bem quentes. A rega deve ser feita com regador ou borrifador sem exagerar e quando a terra ficar seca.
A adubação líquida deve ser feita mensalmente nos cactos e suculentas.
O cacto precisa de muita luz solar direta ou indireta com no mínimo 4 horas de sol pleno.

Cactos de floresta

Como toda a regra temos uma exceção, existem os cactos de floresta como é o caso da flor de maio, flor de outubro e alguns outros cactos que precisam de sol amenos sob sombra de árvores e com mais umidade sem exceder na rega também que pode causar o apodrecimento da planta.

Cacto que frutifica

Como o figo da índia, a pitaya, frutas de cactos deliciosas e exóticas.

Cuidados com doenças no cacto

O excesso de umidade pode favorecer o aparecimento de fungos no cacto especialmente em regiões com mais umidade.
O ideal é controlar a umidade da terra e manter a planta nutrida fazendo a adubação líquida mensal ou quinzenal conforme a necessidade.
É importante também trocar a terra no caso de doença no cacto, que pode estar contaminada ou fraca.

O que fazer quando vai viajar

Coloque um recipiente como uma garrafa PET, uma tigela, encha de água, coloque num lugar mais alto do que os cactos ou plantas, coloque dentro da panela fios de barbante e distribua cada um deles dentro de cada vaso com a ponta dentro da terra, de onde sairá a água para manter a necessidade da planta.

Nenhum comentário

teste